Transição Capilar: Últimos Momentos

29.10.19

Antes de começar essa publicação, fui pesquisar no blog e ver o que já havia escrito, afinal, o período de Transição Capilar está chegando ao fim, e foram muitos anos de experiência acumulada. Na verdade, cada parte do processo te dá uma sensação diferente, tem horas que parece muito difícil manter o projeto e a vontade de cortar tudo logo é grande, e tem horas que simplesmente é fácil deixar o cabelo crescer e fluir. Eu demorei muito pra pensar e marcar a data do Big Chop (corte final de transição) porque não queria ficar com os cabelos curtos, principalmente devido ao concomitante Projeto Rapunzel. Hoje vou fazer uma revisão geral e escrever meus quase-últimos feelings do processo e espero ajudar quem esteja passando pelo mesmo ou pensando em iniciar uma transição capilar, afinal, eu sinto como um novo recomeço para outros projetos vindouros! E então, esperançosamente o próximo post será sobre a finalização deste projeto. :3

Antes de continuar, se desejar, clique aqui para ver todas as postagens sobre Transição Capilar.
E clique aqui caso deseje ver todas as postagens sobre o Projeto Rapunzel. :3

Esse vídeo tem uns 5 meses, mas ainda está ok pra data de hoje! :3

Rebobinando um pouco a fita, depois de dois anos que iniciei o Projeto Rapunzel, percebi que meus cabelos iriam necessitar de uma transição capilar, já que não pretendia fechar todo o mundo de possibilidades cabeleirísticas (essa eu inventei, hahaha!) usando Henê. Como sabem, e eu já escrevi em um guia que infelizmente acabei apagando porque não queria incentivar mais o uso do produto, a química que eu utilizava para manter os cabelos pretos e lisos era esta. Acontece que o Henê fecha as possibilidades pra usar diversos outros produtos e a vida é curta demais para passarmos por ela com apenas uma cor/tipo de cabelo! Hahaha! Aí iniciei a Transição em 2017, dá pra saber mais detalhes neste post

No início parece tudo meio confuso porque dá vontade de voltar a usar o produto, já que era mais fácil de manter e cuidar dos cabelos com ele. Afinal, não precisava fazer esforço algum para tal. E a fase inicial da transição, que é aquela que fica a maior parte do cabelo enrolado e as pontas lisas é a que mais necessita de paciência! Não fiz grandes mudanças para lidar com esta fase, apenas acertava as diferenças de textura com chapinha e mantive assim... dá pra saber mais sobre isto neste outro post. Eu percebi o quanto o cabelo fica meio desajeitado neste processo até mesmo em questão de forma/textura original. Não tive lá tantos problemas assim com a raíz porque, ao optar por deixá-lo crescer, havia o peso dos fios para "puxar" a raíz para baixo, então, não cacheava tanto, mas eu obtive uma surpresa esses tempos que compartilharei mais ao final do post. Aqui neste outro post tem mais informações sobre o processo um pouco depois da fase inicial.
Para ilustrar o post vou colocar fotos do que estou usando atualmente! :3
A forma dos nossos cabelos podem enganar bastante à primeira vista. Faziam tantos e tantos anos que eu não via meus cabelos em sua textura natural, que quando estava por volta do meio do processo e pensando já em cortar, já observava algumas ondas e pensei que aquela fosse a forma natural dos meus fios, como comentei nesta publicação. Acontece que meu cabelo estava looonge do que era naturalmente, e eu mal sabia, heuhe! Afinal, a última vez que o vi natural mesmo eu deveria ter em torno de 13 anos, que foi antes de começar a usar o Henê pela primeira vez. Depois daquele período, eu usava muito chapinha e mesmo alisamentos mecânicos como estes deformam os fios. Caso estejam curiosos sobre minha história capilar, tem uma pincelada muito boa sobre ela nesta publicação, que por sinal, também fala sobre o Projeto Rapunzel. ;3
Estes são os que mais tenho usado, principalmente o Pantene que tem um cheiro maravilhosooo! Parece aquelas jujubas! Haha
Depois disso, a palavra chave foi persistência, viu. Se manter neste processo demorado de deixar o cabelo crescer e mudar sua textura voltando pra natural é um desafio enorme para quem ADORA mexer nos cabelos. Ainda mais vendo estímulos por todos os lados, cores novas, tintas novas, produtos novos que gosta de testar. Mas o segredo para lidar com essa fase foi focar no momento em que eu estava e utilizar o que fazia mais sentido pra mim, afinal, se a saudade era de testar produtos, foquei nos que atendiam às minhas necessidades naquele momento. Aí testei bastante coisas principalmente para cabelos pretos/escuros, e de certo modo, naturais. Ainda me considero nesta fase, embora não tenha testado muitas coisas porque os produtos geralmente duram bastante comigo. Eu compartilhei algumas dicas posteriores nesta publicação
Estes comprei recentemente e ainda não utilizei. Vamos ver! :3
Ainda passei problemas com queda, viu. Tô pensando em fazer uma publicação específica sobre isso porque teria muito o que dizer, mas um dos pontos essenciais que preciso comentar é: muitas vezes, a queda está normal e pelo fato de não estarmos mais acostumados com cabelos grandes, pensamos que é um grande problema. E na real, nem é. É natural cair em torno de 100 fios por dia, considerando-se um cabelo grande. E os meus já estão passando do meio das costas. Estou elaborando ainda alguma publicação sobre o Projeto Rapunzel pra mostrar isso com imagens, mas no geral, dá pra ver como ele está agora nos vídeos deste post que você está lendo! :3 Sobre essa Queda, eu usei os produtos da Gota Dourada, sabe aquele tônico famosinho? Sim. Tomei vitaminas, que na real, sobre os cabelos não fizeram tanta diferença, mas foram boas por outros motivos, heuhe! Usei infinitos tipos de shampoos Antiqueda, e agora estou esperando o da Avon chegar. É bem possível que haja mais um post sobre isso porque são muitas informações e ainda estou fazendo alguns testes com os produtos que já comprei, heuhe! Seja como for, eu até escrevi mais sobre o assunto aqui.

Aqui dá pra ver como meu cabelo é natural (realmente)! Hahaha!

Estou chateada porque queria ter produzido mais conteúdo diferente sobre penteados para usar durante este período e ter testado mais produtos também. Mas acho que foi o suficiente pra mim, já que até então, nem tinha o costume de fazer tantas coisas diferentes e peguei o gosto por penteados mais recentemente, com os cabelos maiores. Então, é bem possível que haja algum vídeo ou publicação futura, mais um motivo pra você favoritar o blog e seguir os meus canais, se interessa esse tipo de assunto. Eu mesma amo porque aprendo muito e adoro cuidar dos meus cabelitchos sozinha. Simplesmente me divirto lendo rótulos, testando, vendo o que é bom pra quê, as embalagens, criar misturinhas, enfim... diversas possibilidades. Espero que tenha gostado da publicação de hoje e deixa aí nos comentários o que gostaria de ver sobre este ou outros assuntos e tudo mais! Nem preciso dizer que estava com saudades de escrever no blog, né? Hahaha! 

Vou terminar meu sorvete de unicórnio aqui, haha!
Grande beijo e até logo! ;3

You Might Also Like

2 comentários

  1. Nossa, seus cachos são lindos! Você fez certo em ter feito a transição. eu estava no processo, mas como eu vou me casar em breve e a maioria dos cabeleireiros do Reino Unido não estão acostumados a lidar com cabelo cacheado eu decidi alisar de novo. Também sofro com queda, viu? :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sério isso?! D: Pensei que nesse quesito aí fosse até melhor que aqui por algum motivo, heuhe! Minha prima que mora nos EUA dizem que os americanos costumam adorar cabeleireiros brasileiros, mas aí eu não sabia se era algum mito ou não. Podexa que vou fazer um post específico sobre Queda e pode ser que te ajude! :3

      Fico feliz com a visita, volta sempre! Beijos!

      Excluir

Muito grata pelo contato, seja sempre bem vindo! :3
You can contact me in english too! Be welcome! ♥

SCIFIGOTH

YOUTUBE

INSTAGRAM