Atualização #03

26.10.19

Adoro sentar na frente do notebook e escrever sem parar. Quando abro a página do blog, já vem aquela nostalgia, aquelas lembranças boas de um tempo antigo da blogosfera onde não era tão forte esse sentimento de todo mundo bem sucedido, influencers fodas e vidas maravilhosas. A gente simplesmente compartilhava as coisas que gostava sem se preocupar nem com layout perfeito, nem com fotos hiper produzidas. Eu sinto falta disso, desse tempo. Não quer dizer que eu não valorize as coisas bem feitas, não é esse o ponto. É aquele sentimento de faça você mesmo, de você perceber o empenho que a pessoa colocou no que estava fazendo e não simplesmente montou um blog pra ganhar dinheiro. Acho que esse é o novo sentimento de "agora sou adulto" da nova era digital, das pessoas que praticamente cresceram na frente do computador - como pode ter sido o meu caso em metade do percurso, por assim dizer, porque também tive a infância feliz de sair correndo, andar de bicicleta, comer amora direto da árvore e isso tudo mais. Eu fico meio "bleeh" com todo esse saudosismo, mas tudo parece tão chato hoje, tudo é pressão. Olha, você tem que ter um milhão de seguidores, tem que postar toda semana sem respirar, tem que ganhar muito dinheiro com seu blog ou canal do YouTube, tem que tem que tem que tem que ... calma, respira. Acho que as coisas eram até mais fluidas e espontaneas quando não havia isso tudo. Eu me sinto nesse processo e me sinto confusa, porque nem ao menos sei se devo me considerar influencer ou não. Eu sinceramente nem sei se as pessoas que leem o blog ou assistem os vídeos se importam com isto, ou é simplesmente aquela imagem pré-concebida de "mais uma influencer/blogueira/youtuber/fill the blank" que vai falar sobre os mesmos assuntos porque convenhamos, há muita gente que gosta de muitas coisas diferentes. Isso sem contar naquele esquema do tempo, né. Ler alguma coisa muito longa? Jamais. Assistir um video, o julgamento na escolha vai pelos minutos e olhe lá, assistir rápido pra fechar logo e ir pro próximo. Talvez o mundo nem seja assim realmente e seja apenas a minha percepção de cansaço atual. Eu quero continuar escrevendo e gravando, tenho muitas ideias, mas parece que a motivação e aquela energiazinha que sentia no coração para criar está morrendo. Isso me deixa muito triste, e ao mesmo tempo, entendo que pode ser passageiro. Sei lá, parece que ninguém se importa e que toda palavra que sai da boca de alguém de forma positiva parece automática demais. Nunca se fez tão necessário viver o agora, com simplicidade, sem se sentir pressionada a agradar todo mundo, ou postar conteúdo sem alma só por postar algo. Eu sei lá, eu quero continuar seguindo, mas eu não quero continuar seguindo, vai entender, aaaa! Hahaha! Ninguém me avisou que a experiência humana seria tão contraditória. Hahaha... enfim. D:

Uma fotinha só pra ilustrar já que comprei lápis pra até 2030! Hahaha!
Desabafos à parte, acho que gostaria de continuar o post com algumas atualizações dos meus canais. Peguei o gosto por edição, e tenho me sentido inspirada a produzir vídeos por algum motivo. E também, eu migrei do antigo editor pro Premiere e tô apaixonada porque tem mil ferramentas novas para utilizar! *-* Tenho algumas ideias para meu canal de artes e percebi que preciso desesperadamente sair da minha mente e começar a agir. Então, estou agindo, mas não vou prometer nada porque o faço-não faço realmente está complicado, hahaha! Abaixo vou deixar alguns vídeos novos de todos os canais.

E é isso aí, que a Força esteja sempre com todos vocês!
Se ainda vou postar algum dia? Só Deus sabe.

Ps: alguém me ajuda a consertar o I dessa fonte Cuprum que já fucei o template todo e não consegui consertar e tá me dando nos nervos ler esse texto assim? Hahahaha! #Socorro #DesastreDigital Adeus mundo, vou meditar.

You Might Also Like

0 comentários

Muito grata pelo contato, seja sempre bem vindo! :3
You can contact me in english too! Be welcome! ♥

SCIFIGOTH

YOUTUBE

INSTAGRAM