#BEDA06 • O dia que fugi da VOGUE

6.4.18

Tô usando este BEDA pra compartilhar com vocês vários fatos engraçados da minha vida que eu guardo só na memória, heuhe! E fugir da agência de modelos da Vogue é um deles. Desde quando comecei a fotografar para os projetos do blog, curiosamente algumas agências de modelos tem estado de olho no meu perfil. Não sei se me encontram nas redes sociais, ou na busca do Google, não faço ideia, mas fato é que em 2016, a Vogue me convidou pra fazer uma seletiva, e lá fui eu ver qual é. Pra completar o dia, combinei de encontrar a Madessy porque já estava imaginando que não fosse durar muito lá...

Como não lembro de ter publicado esse look aqui, fica como postinho de look também! :3
Primeiramente, eu fui bem dark lindinea como podem ver na foto acima, tirada neste mesmo dia. E segundo que sim, chamei muito atenção lá... e imagino que vocês saibam porquê. O estilo de modelos por aí é aquela pessoa toda arrumadinha, meio padrãozinho, e chega eu lá toda dark assim, acho que nem eles esperavam por isto, heuhe! Mas eu tinha que ir como eu era mesmo, oras! E acabou que foi um ponto positivo. A moça me chamou, pediu pra que eu preenchesse uma ficha lá, e depois fui conversar com outra moça. Aí foi a hora que me deu uma coisa, comecei a lembrar das exigências que geralmente permeiam estas agências, o tanto de cobrança em cima dos nossos corpinhos meramente humanos, e me deu um pequeno "pânico". Tudo bem que quando fui falar com a moça, ela foi simpática e explicou que não existem mais aqueles esteriótipos rigorosos de antigamente, de ter que ser extremamente magra e etc, etc... e que já havia um teste pra mim. Mas tinha que pagar umas paradas lá também (como eu imaginei, mas não eram fotos, heuhe!) e eu, que já não estava muito a vontade e me perguntando o que fui fazer ali, comecei a me imaginar fazendo os testes e literalmente sendo medida da cabeça aos pés como a Trelawney sendo medida pela Dolores Umbridge em Harry Potter, hauha! Dei uma desculpa e escapuli dali.

O prédio da agência é bem bonito, tenho uma quedinha por arquitetura, então, foi o que reparei no dia. Esse acontecimento foi significativo na minha vida, já que lembro bem dos meus 13/14 anos de idade no qual o descontentamento com meu corpo era enorme, e então que nossa... eu sendo convidada pra ser modelo?! Hauha! Nunca imaginei isto quando comecei a tirar as fotos aqui pro blog, que aliás, não foi nada planejado também. Mas é assim que acabam acontecendo as melhores coisas da vida, né?! Este ano mesmo, em Fevereiro e depois novamente em Março, outra agência entrou em contato, uma moça encontrou meu perfil no Facebook e me chamou pra ir à agência que ela trabalha... eu não sou nenhum floquinho especial, afinal, este é o trabalho deles, né... precisam de modelos e de pessoas agenciadas, então, não é que eu seja a pessoa mais linda Miss Intergaláctica do Universo (hue), mas o fato de ser notada me dá aquele feedback de que muitas neuras nossas com nossas aparências não passam disso mesmo: neuras. E assim foi o dia que fugi da agência de modelos.

Todo mundo muito bonito, muito legal, mas... fui!
(E a verdade é que até hoje não me imagino levando jeito pra isso, pronto falei!) 😹

You Might Also Like

0 comentários

Muito grata pelo contato, seja sempre bem vindo! :3
You can contact me in english too! Be welcome! ♥

PORTFOLIO

YOUTUBE

INSTAGRAM