Tutorial • Cabelos Pretos

Tutorial • Cabelos Pretos

Um tutorial sobre cabelos pretos?! Sim! Engana-se quem imagina que ter e manter cabelos pretíssimos sem nenhuma forma de manutenção é super fácil. Ok, é bem mais simples em comparação com as demais cores, no entanto, por ser um cabelo com químicas constantes, não deixa de ser necessário cuidados com eles também! Hoje vou falar um pouco sobre essa cor, considerando minha experiência. Já tive cabelos pretos de várias formas e "por vários caminhos", então, vou expor os prós e contras de todas aquelas que tive oportunidade de passar até o momento. Espero ser útil! :3
Meu cabelo natural é castanho escuro, mas desde os 13 sempre o mantive na cor preta, até os 19, que foi quando começou minha fase colorida. De fato, a cor preta é uma das minhas favoritas porque é a mais fácil de manter, e a que mais combina comigo. Eu acredito que a cor vai bem com tudo, e dá um ar bem dark, o que gosto bastante. Minhas colegas de trabalho sempre me perguntam o que faço para mantê-lo sempre pretinho e com cara de recém pintado/hidratado, por este motivo, resolvi escrever este tutorial. Pretendo comentar especificamente sobre tratamentos e manutenções numa próxima!

• 1º Ponto: Opções/Objetivos (Tinturas de Farmácia, Fantasia e Henê)
Eu já usei diversas tintas de farmácia, tintas fantasia e Henê. O que posso dizer à respeito delas é: sobre as tintas de farmácia, todas costumam cumprir bem com o quesito cor, embora algumas marcas tenham uma fixação melhor, e também, o modo de aplicação mais fácil. Aquelas tintas naturais são boas porque não tem amônia, no entanto, acabam saindo mais rapidamente. O que gosto nas tinturas da Koleston é aquele gelzinho hidratante que vem junto, é uma maravilha. Sobre a tinta fantasia, que são aquelas que geralmente as marcas oferecem cores como azul, rosa e afins, sobre a cor preta das mesmas posso dizer que o resultado da cor vai depender muito de sua base. Se for um cabelo escuro, ficará preto com aquele aspecto "banho de brilho". Se for tons mais claros, pode acinzentar facilmente... Nesses casos, compensa mais optar por uma tinta com amônia para conseguir o preto perfeito. Sobre o Henê: melhor opção para manter preto e liso, sobre qualquer textura de fio! No entanto, eis a grande ressalva: o Henê é totalmente incompatível com qualquer outra química. Para retirá-lo do cabelo, somente crescendo e cortando. Já ouvi falar de um produto que promete retirá-lo, mas nunca testei. Está nos planos futuros testar quando entrar em processo de transição, já que atualmente, estou usando o produto. É bom em questão de custo x benefício, porém, é definitivo!

Então, resumidamente:
Tintas de Farmácia / Profissionais: melhores opções. Fácil de aplicar, dá pra retirar.
Tintas Fantasia / Banhos de brilho: boas para manutenção. Saem facilmente.
Henê e afins: ótima opção para solução definitiva, só sai cortando o cabelo.

• 2º Ponto: Pintura/Truques de Manutenção
Pretendo aprofundar a questão do tratamento e manutenção em outra publicação mais específica, conforme fiz as demais. Aliás, para cada cor, pretendo seguir esse roteirinho, então, sobre essa parte, vou dar apenas uma dica rápida. Para quem gosta de fazer as coisas em casa como eu, é bem simples, basta estar com os cabelos em boas condições de hidratação e comprar o produto de sua preferência em uma loja de cosméticos. Aplique conforme as instruções da caixa, e faça o retoque mensalmente, ou conforme suas necessidades! O que recomendo como truque é: utilizar quinzenalmente uma boa máscara de tratamento que também faça banho de brilho. A que uso e recomendo é a Black Mamba da Lola. Ajuda muito a manter os fios sempre em dia, e não precisar ficar pintando sempre. É compatível com Henê (pelo menos, nunca me aconteceu nada usando!) e deixa os fios em ordem.
• Finalizando: assim como comentei no tutorial de cabelos coloridos, é imprescindível que seu cabelo esteja em bom estado antes de começar a pintar. E é até melhor à longo prazo. E por quê?! Bom, porque um cabelo hidratado, irá segurar melhor a tintura, e não ficará com aquele aspecto palha após a pintura. Até mesmo as tinturas convencionais ressecam um pouco por conta da amônia, portanto, é bom dar uma hidratada boa nos fios antes de começar. Também é mais fácil prevenir do que remediar, não é mesmo?! No mais, recomendo muito o teste de mecha, e a nutrição também do couro cabeludo, para evitar o envelhecimento precoce dos fios, principalmente quem já tem fiozinhos brancos e precisa pintar com maior frequência! É sempre bom mantê-lo nutrido para evitar que os fios engrossem ao longo dos anos usando a química frequente das tintas. E é isto! Não deixem de seguir um bom cronograma capilar, inclusive em breve vou expor uma disciplina simplificada à quem interessar. Espero que tenham gostado deste singelo tutorial, e deixem seus comentários. :3

Nota: publicação não patrocinada.