Guarda-Roupas • Organização

Guarda-Roupas • Organização

Hoje daremos andamento ao projeto Renovando o Guarda Roupas com algumas dicas de organização. Eu ainda não tive oportunidade de comprar o guarda-roupas, como falhei em prever, porque as circunstâncias da vida me levaram à morar numa república atualmente. Portanto, é bem provável que eu tenha que adiar o primeiro passo por alguns meses, mas já estou resolvendo a questão e procurando uma casa para alugar para solucionar não somente esta, mas outras questões mais importantes. Atualização dada, vamos ao que interessa.

As dicas de organização que dividirei com vocês hoje foram fruto de uma pesquisa bem detalhada, que incluiu até mesmo a organização de gavetas e sapatos. No entanto, antes de sabermos como organizar mais à fundo as peças, precisamos ter noção de como começar a organizar totalmente o armário, para que o momento de escolher uma roupa para sair não seja tão demorado. Portanto, separei algumas dicas que irei aplicar nessa primeira fase do projeto, e que vocês podem aplicar em casa também. Acompanhem!

• Destralhar totalmente o guarda-roupas.
Uma ótima maneira de iniciar a organização do guarda-roupas é retirar tudo o que há nele, analisar peça por peça, e decidir o que fazer com cada uma delas. Nesse primeiro momento, localizamos peças que não usamos mais, que não servem para doação e teremos que descartar. Isso serve para meias velhas, meia-calças rasgadas, roupas íntimas, peças muito manchadas, enfim, tudo o que você sabe que não usa, e que não servirão para doação.

• Doar roupas e sapatos a quem precisa!
Eu acho injusto vender roupas usadas com a quantidade de pessoas carentes precisando. É claro que se for uma peça bem diferenciada e única, pode valer a pena vender, mas dependendo da peça, bem melhor demonstrar um pouco de humanidade e doar para instituições de pessoas carentes e afins. O mesmo vale para sapatos e acessórios. Geralmente, decido doar ou não uma roupa quando penso na finalidade dela.

• Separar roupas que precisam de conserto.
Não sei vocês, mas às vezes, deixo uma peça de roupa passar séculos encostada no guarda-roupas simplesmente porque descosturou, ou precisa fazer a barra e sempre fico adiando o conserto. Essa é a hora de separar essas peças que precisam de reparo e deixar fora do roupeiro, em lugar visível e levá-las para consertar - ou consertar você mesmo! - no máximo até o dia seguinte!

• Separar e organizar o restante.
Veja o quanto de espaço possui e quantas roupas precisa guardar. Organize tudo da melhor forma para você! Geralmente, dentro das divisões básicas de "calça-com-calça", "blusa-com-blusa", etc, separar por cor é melhor para visualizar exatamente o que precisamos, mas a organização, deve ser funcional para você e não para os outros. Outras formas boas de organizar é separar as roupas que usamos mais deixando-as em evidência, ou fazer um ciclo de trocas no roupeiro, colocando em evidência as roupas para a respectiva estação.

Dentro deste projeto, pretendo trazer dicas de como organizar cada espaço do guarda-roupas com ideias criativas e funcionais. No entanto, é sempre bom ter em mente que a organização de nosso armário precisa ser funcional para nós mesmos, independente do que os manuais de organização ditam.
E você, como organiza o seu guarda-roupas?