A coma might feel better than this! ♫

A coma might feel better than this! ♫

O ano era o de 2012, e provavelmente, foi o ano menos "produtivo" que já vivi. Ou pelo menos, a impressão que tenho até hoje é essa. Descobri bastante coisas legais, como a fotografia e cabelos rosados e laranjas/tons pastéis. xD Foi mais ou menos nessa época que encontrei uma imagem na internet que mostrava uma timeline de filmes sci-fi, e aí onde resolvi criar meu blog anterior à este, o Universo Asfixia, para resenhá-los e falar também sobre cabelos coloridos.
Foi nessa época que peguei bastante gosto por ter um blog e publicar com certa frequência nele. Nessa época também cresceu muito meu amor por ficção científica, pois tive contato com alguns livros através da Aleph, que ainda não era parceira, mas que eu já admirava o trabalho. Fui começando a definir meu gosto meio tarde. Apesar de gostar de ler bastante, nunca li com tanto gosto como quando comecei a ler ficção científica. É como dizem: para ser um bom leitor, basta descobrir qual seu gênero favorito. Simples assim.
Não faz tanto tempo assim, pelo menos na minha cabeça, parece que foi ontem. Lembro de ficar escutando Linkin Park, e conhecer bandas novas e inusitadas como Billy Talent e 10 Years. Ainda quando escuto esta música, me vem uma nostalgia tão inesperada! Lembro de fazer longas caminhadas por Mogi das Cruzes escutando essa música, e do percurso da minha casa ate lá, com ônibus, metrô e trem! Êta lugarzinho longe, mas que gostava tanto! Marcou muito.
A primeira cor de cabelo realmente "absurda" que tive foi laranja neon. Eu já tinha usado vermelho de todas os jeitos: rosados, neon, cerejas, alaranjados e depois, quando minhas tintas acabaram - usava Candy Color na época, comecei a pintar de laranja neon com a Chrome Orange. Foi a partir daí que realmente comecei a chamar atenção na rua, e no entanto, nunca sofri nenhum preconceito diretamente ou que eu tenha conhecimento. Gostava muito dessa cor de cabelo, só usei essa única vez até agora. Quero de novo! :'( Foi nessa época que começou minha fixação por cortes curtos de cabelo. Até então, sempre tive cabelos medianos à longos, e pela primeira vez, resolvi cortar mais que o normal. Tentei cortar uma vez em casa e ficou um terror. Haha! Depois disso, jurei que cortar os cabelos sozinha seria a única coisa que não faria por conta própria, e desde então, vou no cabeleireiro quando preciso. Já usei de todos os jeitos daí para frente, só agora que estou deixando crescer novamente.
Costumo considerar essa época de minha fase capilar patinho feio, pois foi nesse ano que aconteceram várias coisas, dentre elas: cortes químicos, o corte errado que fiz em casa, ressecamentos demais e afins. Foi a partir daí que veio a maioria da experiência que tenho hoje, e também, a partir daí que cresceu meu interesse em cosméticos capilares, em conhecer bons produtos para descoloração e afins. Eu comecei à escrever em um caderninho várias receitas capilares boas e nomes de produtos para comprar e testar. Foi aí onde comecei a incluir resenhas no blog e fechar parcerias com marcas de cosméticos.

E por fim, minha foto preferida. 
Eu sempre acho que amadureci muito cedo, mas em contrapartida, sempre fui o tipo de pessoa que demora um pouquinho até tomar uma decisão, um rumo. Mas quando toma... nada nem ninguém impede. Por isso acredito que acabei formando minha opinião e gostos para algumas coisas meio tarde. Mas a vida é assim mesmo, cada um em seu tempo, seguindo sua jornada.